As Competências Gerais da BNCC
Novas Habilidades

As Competências Gerais da BNCC

Você conhece as Competências Gerais da BNCC?

Saiba mais sobre as características da Base Nacional e os conceitos das 10 Competências Gerais com esta série de posts.

Neste primeiro texto, fazemos a introdução à BNCC e sua ideia de Competências Gerais.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – o nome é longo, mas a sigla é fácil – é a atual orientação educacional mais importante do Brasil.

Primeiramente, é na Base que encontramos os conhecimentos, habilidades e competências para o desenvolvimento de toda a Educação Básica, da Educação Infantil ao Ensino Médio em todas as escolas públicas e particulares.

Apesar de idealizada e definida desde a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, Lei Nº 9.394/1996) – eita, outro nome longo de sigla fácil –, é a partir de 2017 que a BNCC ganha ampla discussão com audiências públicas por todo o país.

Hoje, em 2021, segundo levantamentos do Movimento pela Base, 81% dos municípios brasileiros estão com seus currículos homologados.

Certamente, diante de sua grandeza, como não poderia ser diferente, a BNCC ainda é alvo de críticas.

Segundo essas avaliações, a apresentação das áreas do conhecimento é fragmentada, por isso não favorece uma visão integrada e coesiva dos textos, em seu encadeamento semântico e transdisciplinar.

No entanto, nas escolas, as Equipes Educadoras são capazes de articular saberes e compreensões dando a unidade necessária ao documento e sua aplicação.

Afinal, o que professoras e professores mais sabem fazer é resolver problemas, pelo bem da prática pedagógica e o aprendizado da galera! 😊

Quais são as 10 Competências Gerais da BNCC?

É com esse espírito para resolução de dificuldades que pensamos nas 10 Competências Gerais como ferramentas poderosas para a articulação dos conhecimentos (conceitos e procedimentos), das habilidades (práticas cognitivas e socioemocionais) e das atitudes e valores do exercício cidadão, acima de tudo apoiando-se nos princípios dos Direitos Humanos.

As Competências Gerais são as linhas condutoras para os pontos de articulação na teia do saber.

Aqui utilizamos a nomenclatura amplamente divulgada pelos principais portais de educação, além disso, enumeramos as Competências Gerais. No entanto, não acreditamos em hierarquização, acreditamos em complementos; se liga só:

1. Conhecimento: Valorização e utilização dos conhecimentos historicamente construídos;

2. Pensamento Científico, Crítico e Criativo: Exercício da curiosidade intelectual;

3. Repertório Cultural: Valorização e fruição da diversidade artística e cultural, local e mundial;

4. Comunicação: Utilização de diferentes linguagens para diferentes expressões;

5. Cultura Digital: Compreensão e utilização das tecnologias digitais;

6. Trabalho e Projeto de Vida: Entendimento das relações do trabalho com o exercício de cidadania;

7. Argumentação: Formulação, negociação e defesa de ideias e decisões;

8. Autoconhecimento e Autocuidado: Compreensão e cuidado com a própria saúde física e emocional;

9. Empatia e Cooperação: Exercício do respeito às pessoas e aos Direitos Humanos;

10. Responsabilidade e Cidadania: Responsabilização e ação diante dos coletivos humanos e ambientais.

Atente-se, pois nas próximas postagens vamos aprofundar as especificações de cada uma delas!

As Competências Gerais no cotidiano

Com o propósito de se concentrar na Educação Integral, baseada em princípios éticos, políticos e estéticos para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva, propomos este estudo sobre as 10 Competências Gerais da BNCC.

Afinal, elas estão presentes no nosso dia a dia com diferentes compreensões, desenvolvimentos, facilidades e dificuldades. Dentro e fora da escola.

Com quais Competências Gerais da BNCC você identifica no seu cotidiano?

Para que possamos interagir, deixe seus comentários para alimentar nossos debates! 😉

Por fim, aproveito para te convidar a ver nossa série de textos sobre as Inteligências Múltiplas de Howard Gardner.

Francisley da Silva Dias

Mais conhecido como Francis, é Educador, Professor de Língua Portuguesa Brasileira, Preparador, Revisor e Tradutor de textos; acredita na Educação e nas Artes como essenciais para os desenvolvimentos sociais.

Deixe uma resposta