You are currently viewing Education Cities – O Desafio Edumission
A Teia ficou entre as 10 escolas finalistas do desafio mundial do Edumission, recebendo uma menção honrosa por parte da iniciativa.

Education Cities – O Desafio Edumission

Você conhece a Education Cities? Você sabe o que é o Edumission?

O Edumission é uma iniciativa da empresa israelense Education Cities, que reúne escolas inovadoras de diferentes países.

A intenção é compartilharem suas experiências de inovação e encorajar outras instituições a transformar suas práticas.

O principal objetivo do Education Cities é o desenvolvimento, a implementação e disseminação de inovação educacional a nível global…

Portanto, a intenção é a de gerar um impacto social, ambiental e econômico no mundo e em seus parceiros.

Parte da missão do Education Cities é criar uma rede de articulação e compartilhamento de práticas inovadoras e criativas dentro dos sistemas educacionais mundiais.

Como funciona o desafio internacional Edumission (Education Cities)

O desafio internacional Edumission veio para compor parte da missão dos israelenses ao reunir escolas inovadoras do mundo inteiro em uma única rede.

O último desafio, que ocorreu em 2017, mas reuniu centenas de escolas em um processo seletivo acirrado e muito competitivo.

Durante as fases iniciais do processo, equipes de educadores do mundo todo foram convidados a apresentar seus projetos inovadores.

As 22 melhores escolas, dentre elas 10 brasileiras, foram selecionadas para a fase final, que consistia na produção de um minicurso a partir de vídeos apresentando suas práticas inovadoras, visão educacional e metodologia para as outras participantes.

Dessa forma, o Edumission garantiu que, mesmo durante a seleção, as escolas pudessem aprender umas com as outras sobre inovação e outros processos educacionais.

Vencedoras do Edumission – Education Cities

Três escolas subiram ao pódio:

  • No Bell School, da Polônia, em primeiro lugar;
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Desembargador Amorim Lima, do Brasil, em segundo lugar;
  • Little Forest Folk Primary School, da Inglaterra, em terceiro lugar.

As escolas vencedoras foram contempladas com uma viagem de intercâmbio para o BETT show, anteriormente conhecido como Mostra Britânica de Treinamento Educacional e Tecnologia, realizado em Londres, na Inglaterra.

O evento, que acontece todos os anos, conta com uma série de programas educacionais, o que inclui treinamentos para educadores de 146 países, além da exibição de tecnologias educativas por empresas como a Microsoft, o Google e a Apple.

Em 2017, as escolas do TOP 3 puderam ter contato com essas novas tecnologias, bem como compartilharam ideias e práticas inovadoras com outras escolas e instituições de ensino, criando uma rede de compartilhamento muito importante para a missão do Edumission e da Education Cities.

A vencedora do Edumission, No Bell School, é uma escola privada da região polonesa de Konstancin-Jeziorna que estimula os educandos a aprenderem à sua maneira e a conquistar seus objetivos com independência.

Ao favorecer a personalização do ensino, a maioria das aulas ocorre de forma livre, com os estudantes desenvolvendo projetos e abusando da criatividade. Apesar de considerar-se uma escola democrática, a No Bell School estabelece estruturas e regras que devem ser seguidas por educadores e alunos.

Participação da Teia Multicultural no Edumission

A Teia Multicultural tem sido referência no cenário da educação brasileira por ser uma escola inovadora e criativa, abordando a importância da arte e do autoconhecimento para estudantes do Ensino Infantil ao Médio.

A proposta pedagógica da Teia Multicultural tem a arte e o autoconhecimento como base do processo educativo, possibilitando aos educandos uma aprendizagem efetiva e prazerosa.

Os projetos interdisciplinares da Teia pautados na inovação e na criatividade tornaram a instituição reconhecida pelo MEC, ao ser uma das integrantes do Movimento de Inovação na Educação, e pelo Edumission.

Finalistas do Edumission

A Teia ficou entre as 10 escolas finalistas do desafio mundial do Edumission, recebendo uma menção honrosa por parte da iniciativa.

A Teia foi reconhecida pelos jurados por demonstrar formas inovadoras interdisciplinares de ensino, integrando um grupo restrito de 23 escolas no mundo consideradas inovadoras pela Edumission.

O reconhecimento especial também foi dado a outras escolas, dentre elas as brasileiras Wish School, também localizada em São Paulo, pela abordagem holística da educação; e a Escola Vila Verde, de Alto Paraíso de Goiás, por colocar em prática a educação ambiental de forma inovadora.

A participação dos educadores da Teia no desafio internacional do Edumission tem ajudado a escola a compartilhar seus dispositivos pedagógicos pautados na inovação e criatividade.

Além disso, ao fazer parte de uma rede mundial de escolas inovadoras, a Teia também tem aprendido com outras instituições…

Novos processos de aprendizagem que podem ser implementados no Brasil, a fim de melhorar a qualidade do ensino brasileiro.

Diego Pacci

Redator publicitário e roteirista, sou apaixonado por literatura, fotografia, cinema e pelas mais diversas formas de comunicação. Também sou pai de uma aluna da Teia e fã do trabalho da escola.

Deixe um comentário